Bolsas

Câmbio

Moody's rebaixa nota da Cemig, com perspectiva negativa

A agência de classificação de risco Moody's rebaixou o rating de dívida em escala global da Cemig de "B1" para "B2" e também o rating em escala nacional da estatal elétrica mineira de "Baa1" para "Ba1".


A ação atinge também as subsidiárias Cemig Geração e Transmissão (Cemig GT) e a Cemig Distribuição (Cemig D). A perspectiva dos ratings permanece negativa.


Em relatório, a agência afirma que o rebaixamento reflete os crescentes riscos para o refinanciamento de dívida da estatal elétrica, que conta com um perfil de vencimento de dívida de curto prazo e liquidez limitada.


"A ação de rating também reflete as expectativas da Moody's de que a geração de fluxo de caixa livre da companhia vai continuar negativa nos próximos 12 a 18 meses, adicionando pressão sobre as necessidades da Cemig de executar seu plano de venda de ativos e refinanciamento de dívidas", afirma o relatório.


Ainda de acordo com a agência de risco, o atual rating atribuído à Cemig ainda encontra suporte na "sólida posição de mercado" da companhia e na sua relevância econômica, que podem facilitar a estratégia de reestruturação financeira, além da grande e diversificada base de ativos com que ela conta atualmente.


"Enquanto a Moody's reconhece os esforços da companhia de perseguir a venda de ativos, consideramos que o momento e o valor de venda desses ativos é incerto no atual estágio. Notamos que muitas das negociações ainda estão em fase inicial ou sequer começaram, deixando pouco claro quais serão as fontes de receita no curto prazo", diz.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos