Para defesa de Dilma, absolvição no TSE reforça tese de golpe

Advogado que defendeu a ex-presidente Dilma Rousseff (PT) no julgamento no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Flávio Caetano afirmou que o resultado, de absolvição da chapa, reforça a tese de que a ex-presidente sofreu um golpe parlamentar.


"Ainda não consegui conversar com a presidenta. Mas este julgamento reforça que o que houve no parlamento brasileiro foi um golpe contra o direito e a Constituição".


A presidente, diz, pretende usar o resultado como mais um elemento para recorrer ao Supremo Tribunal Federal. "Dilma continuará buscando justiça em seu julgamento perante o STF, para que seja anulado o processo de impeachment".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos