Bolsas

Câmbio

Dólar vai a R$ 3,33 com incertezas na cena política

O dólar avança para o nível de R$ 3,33 no fim da manhã desta terça-feira. Em meio às persistentes incertezas no campo político, o câmbio doméstico opera na direção contrária da maioria das principais moedas emergentes e registra o pior desempenho diário numa lista de 33 divisas globais. Operadores apontam que a busca por proteção prevalece no mercado diante da ausência de novidades concretas que aliviem as preocupações em Brasília.


Dentre os recentes eventos de risco, o PSDB decidiu ontem manter o apoio ao governo de Michel Temer. No entanto, a legenda alertou que poderia reavaliar a posição no caso de "fatos novos". A pressão de parte dos tucanos para o desembarque pode aumentar já nos próximos dias no caso de uma eventual denúncia contra Temer do Procurador-Geral da República (PGR), Rodrigo Janot.


Às 11h05, o dólar subia 0,60%, a R$ 3,3313. Na máxima, foi a R$ 3,3338.


O contrato futuro para julho, por sua vez, marcava R$ 3,3455, em elevação de 0,42%.


A moeda se distancia gradualmente do intervalo de R$ 3,25 e R$ 3,30 que vinha prevalecendo desde o estouro da crise política. Com o avanço desta terça-feira, o dólar já acumula três sessões seguidas de alta. Profissionais de mercado apontam que a divisa americana já testa uma nova banda, embora o movimento ainda não esteja consolidado.


Da cena externa, os investidores esperam a decisão de política monetária do Federal Reserve (Fed, banco central americano), que sai na quarta-feira.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos