Bolsas

Câmbio

Comissão do Senado rejeita relatório da reforma trabalhista

(Atualizada às 13h04) A Comissão de Assuntos Sociais (CAS) do Senado rejeitou por 10 votos contra 9 o relatório da reforma trabalhista.


Senadores da base do governo Michel Temer esperavam uma vitória apertada nesta terça-feira na Comissão de Assuntos Sociais (CAS) do Senado, quando será votado o relatório da reforma trabalhista elaborado por Ricardo Ferraço (PSDB-ES).


Fontes próximas a Ferraço esperam uma vitória apertada do "sim" ao relatório, que recomenda a aprovação sem modificações do projeto advindo da Câmara e que modifica mais de cem artigos da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT).


Pelas contas dessas fontes, entre 10 e 11 dos 20 integrantes da CAS devem votar a favor da reforma, com 8 a 9 votos contrários. Essa conta não considera o voto da presidente da Comissão, Marta Suplicy.


A CAS é a segunda das três comissões pelas quais a reforma terá que passar no Senado. Ela já foi aprovada na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE).

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos