Opositores de Temer na Câmara comemoram derrota em comissão

Não apenas surpreendeu como também agradou os deputados opositores do presidente Michel Temer a derrota do relatório do senador Ricardo Ferraço (PSDB-ES) favorável à reforma trabalhista na Comissão de Assuntos Sociais (CAS) do Senado. Após o resultado, parlamentares da oposição comemoraram a derrota do projeto, o que, na avaliação deles, pode ser interpretada como um enfraquecimento da base de apoio ao governo Temer.


O líder do Psol na Câmara, deputado Glauber Braga (RJ) cumprimentou os senadores que votaram contra a reforma trabalhista, a qual classificou como "desmonte da CLT". No mesmo tom, o deputado João Daniel (PT-SE) parabenizou os parlamentares que tiveram postura de defender "a classe trabalhadora brasileira".


Evitando demonstrar preocupação com a derrota do governo, o deputado Silvio Torres (PSDB-SP) minimizou o resultado e disse que o desfecho da votação na CAS não impedirá que "o avanço da modernização das leis no Brasil seja vitorioso".


"Essa reforma é elogiada por todos aqueles que se preocupam com o emprego no Brasil e certamente criticada por muitos que estão perdendo com a aprovação dela, especialmente aqueles que têm privilégios e aqueles que vivem de uma contribuição sindical obrigatória que penaliza toda a classe trabalhadora no Brasil", afirmou Torres.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos