Bolsas

Câmbio

Bolsas de NY têm melhor primeiro semestre em oito anos

Os investidores das bolsas globais não puderam reclamar do encerramento do semestre. Tanto nos Estados Unidos quanto na Europa, os referenciais terminaram com alguns dos maiores ganhos entre as classes de ativos.Os principais índices de Nova York acumularam em seis meses ganhos acima de 8%, no caso de Dow Jones e S&P 500, e de mais de 14% para o Nasdaq. Os resultados representaram o melhor semestre para os três indicadores desde 2009.


A cautela, porém, imperou na sessão que fechou a semana, o mês, o trimestre e o semestre. Após ajustes, o Dow Jones encerrou o dia com alta de 0,29% aos 21.349,63 pontos. Na semana, o índice de "blue chips" recuou 0,21%. No mês e no semestre, porém, o referencial acumulou altas de 1,62% e 8,03%, respectivamente.


O S&P 500 subiu 0,15% para 2.423,41 pontos. Na semana, perdeu 0,61%. No mês e no semestre, o índice acumulou ganhos, respectivamente, de 0,48% e 8,24%.


O Nasdaq virou nos minutos finais do pregão. O índice que tem grande influência do setor de tecnologia encerrou com queda de 0,06%, aos 6.140,42 pontos. Na semana e no mês, os tombos também foram significativos, de 1,99% e 0,94%, nesta ordem. Na primeira metade do ano, no entanto, o referencial entregou 14,07% de alta.


Na sessão de hoje, as maiores altas do S&P 500 vieram dos setores de indústrias, matérias-primas e consumo discricionário, com avanços de, respectivamente, 0,84%, 0,54% e 0,53%.


No Dow Jones, Nike liderou com sobra os ganho do dia com subida de 10,96%, seguida do "mero" 1,72% de elevação de Caterpillar. Dos 30 componentes, 21 terminaram no território positivo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos