Bolsas

Câmbio

Maia sugere mais prazo para debate sobre denúncia contra Temer

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse que o único ponto que considera "mais frágil" sobre o rito da denúncia contra o presidente Michel Temer (PMDB) é o tempo disponível à base e à oposição para se manifestarem, em plenário, sobre o caso. Pela regra, os oradores são apenas quatro: dois deputados contrários e dois favoráveis à denúncia. "Acho que temos que ampliar um pouquinho isso", disse Maia ao sair de uma reunião com a presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia.


Ele afirmou que ainda vai discutir o tema com líderes da base e da oposição na Câmara. Parlamentares favoráveis à admissibilidade da denúncia cobram que o rito seja igual ao do impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT), com todos os partidos podendo falar por até uma hora - o que poderia levar a três dias seguidos de debates. Por outro lado, a Secretaria-Geral da Câmara defende que seja uma sessão normal, em que os partidos poderão falar apenas pelo tempo destinado por suas bancadas (menos de 10 minutos cada) e os oradores serão restritos a quatro deputados.


Maia e Cármen Lúcia marcaram essa audiência para que o presidente da Câmara pudesse explicitar os trâmites da denúncia na Casa legislativa. "É um rito que está claro no regimento interno da Câmara. Apenas fiz um relato para que ela esteja informada, pois sempre há o risco de algum lado judicializar. Disse a ela que vamos respeitar rigorosamente o rito da Casa e a possibilidade, claro, de ter um debate correto dessa matéria", disse o deputado a jornalistas, na saída do encontro.


Outro tema tratado pelos dois, segundo Maia, foi a reforma da Previdência. "É um tema fundamental para o futuro do Brasil", disse o parlamentar, sem dar mais detalhes.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos