Bolsas

Câmbio

Lucro líquido da Mondelez avança 7,3% e supera expectativas

A Mondelez International encerrou o segundo trimestre com lucro líquido de US$ 498 milhões, alta de 7,3% na comparação com igual período de 2016. O ganho por ação de US$ 0,48 superou o consenso de expectativas de analistas, de US$ 0,46, segundo compilação da consultoria Factset.


A receita líquida recuou 5% nos três meses até junho, para US$ 5,99 bilhões, após um ataque cibernético ter interrompido por quatro dias o sistema de envio e faturamento de pedidos no fim do segundo trimestre. A receita líquida orgânica (que desconsidera o câmbio, aquisições e vendas de ativos) caiu 2,7% em igual base de comparação.


Os custos com vendas da fabricante dos chocolates Lacta e Milka e dos biscoitos Oreo avançaram 3,3% no trimestre, para US$ 3,66 bilhões. A margem bruta caiu de 39,9% para 38,8% na comparação anual. O lucro operacional subiu 0,5% de abril a junho, em relação a igual período de 2016, para US$ 641 milhões.


"Estamos vendo tendências melhores na Europa e em muitos de nossos mercados emergentes, e a operação na América do Norte está a caminho de um segundo semestre mais forte", disse a presidente-executiva Irene Rosenfeld, em nota que acompanha o balanço. A empresa informou hoje que Dirk Van de Put, que comandava a empresa de alimentos congelados McCain desde 2011, assumirá como novo diretor-presidente em novembro, pois Irene vai se aposentar.


A Mondelez elevou seu dividendo em 16%, para US$ 0,22 por ação. Além disso, manteve a expectativa de crescimento da receita líquida de ao menos 1% em 2017 e crescimento do lucro por ação em dois dígitos no ano.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos