Bolsas

Câmbio

Ibovespa atinge 70 mil pontos com ajuda de Eletrobras e estatais

O Ibovespa inicia a sessão em alta forte, reagindo à notícia de que o governo pretende privatizar a Eletrobras. Em 1 hora de pregão, o índice rompeu a marca dos 70 mil pontos, e registrava pontuação de 70.086 às 11 horas, com alta de 2,11%.


Na visão de profissionais do mercado, ainda que seja difícil que a venda da gigante do setor elétrico ocorra no governo Temer, o sinal é muito positivo e, mesmo provocando impacto fiscal somente depois de 2019, traz otimismo aos investidores. "É uma notícia inesperada, que deve influenciar todo o mercado pelo sinal positivo que traz para o médio prazo", afirma um operador.


Os papéis da estatal disparam: a ação ON ganhava 33% para R$ 18,89, enquanto o papel PNB avançava 23,2%, para R$ 21,95.


A ação da Cemig PN também se destaca entre as maiores altas, ao subir 6,18%.


Também as ações do Banco do Brasil mostravam vigor e subiam 3,6%. Isso demonstra que, na visão dos investidores, a intenção do governo de privatizar a Eletrobras é um importante sinal sobre a gestão do governo, com efeito positivo para outras companhias. Petrobras ON, por sua vez, avançava 3,4% para R$ 14,27, enquanto o papel PN subia 3,37% para R$ 13,79, num dia em que o petróleo sobe modestamente no mercado externo (há pouco, o WTI subia 0,65% para US$ 47,68).

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos