Bolsas

Câmbio

Ibovespa acumula alta de 7,46% em agosto

O Ibovespa chegou ao final do mês com valorização de 7,46% apesar de hoje os investidores terem optado por realizar os lucros acumulados nos últimos dias. O índice fechou o dia com leve queda de 0,07% aos 70.835 pontos e giro financeiro de R$ 8,8 bilhões, acima da média diária do mês, que é de R$ 5,8 bilhões. A queda do principal indicador da bolsa de valores só não foi maior porque as ações do setor de commodities fecharam em alta.


A ação ordinária da Vale subiu 2,15% e registrou o maior volume financeiro do Ibovespa, de R$ 1,96 bilhão. Os investidores continuam otimistas com a migração das ações da empresa para o Novo Mercado. Além disso, hoje o preço do minério de ferro subiu 3,7% no porto de Qingdao, na China, para US$ 78,91 a tonelada. Neste mês, os papéis da empresa subiram 12,08%.


As ações da Petrobras também fecharam em alta, acompanhando a valorização do preço do petróleo no mercado internacional. Os papéis preferenciais subiram 1,49% e os ordinários tiveram alta de 0,65%. Os contratos futuros de petróleo WTI fecharam com alta de 2,76% a US$ 47,23 o barril.


Outro destaque de alta foram os papéis da Usiminas, que subiram 5,03% e tiveram a maior valorização do Ibovespa. De acordo com operadores, um banco estrangeiro teria recomendado a compra de ações da companhia. As demais ações do setor siderúrgico também subiram.


Na ponta oposta, as maiores quedas do dia ficaram com as ações da Eletrobras, que chegaram a subir quase 50% após o anúncio de privatização da companhia. Os papéis PNB recuaram 5,91% e as ações ordinárias tiveram baixa de 4,81%. No mês, os papéis ainda mantêm valorização. As ações PNB subiram 23,16% e as ON ganharam 30,52%.


O movimento de alta do Ibovespa neste mês foi reforçado pela presença dos investidores estrangeiros. Eles já deixaram R$ 3,39 bilhões na bolsa no mês até o dia 29, resultado de compra de ações no valor de R$ 83,04 bilhões e de vendas no valor de R$ 79,64 bilhões.


Se a tendência positiva for mantida, este será o maior ingresso de recursos estrangeiros na bolsa desde janeiro, quando eles investiram R$ 6,6 bilhões em ações. No ano, os investidores estrangeiros já deixaram R$ 11,31 bilhões na bolsa de valores.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos