Bolsas

Câmbio

IPC-S desacelera a 0,13% na última semana de agosto

A inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor - Semanal desacelerou no encerramento de agosto para 0,13%, informou a Fundação Getulio Vargas. Na terceira quadrissemana do mês, o indicador havia registrado alta de 0,33% e, no fechamento de julho, de 0,38%. Desta forma, o IPC-S acumula alta de 2,33% no ano e de 3,26% em 12 meses.


A alimentação segue como a maior contribuição para o baixo IPC-S e, nesta apuração, registrou queda de 0,83% depois de cair 0,54% na semana anterior. O recuo mais intenso foi puxado pelo conjunto de hortaliças e legumes, que passou de -3,72% para -8,09%. Outros cinco grupos de despesas tiveram taxas mais favoráveis no encerramento de agosto.


Os preços de tarifa de eletricidade (2,57% para 1,32%) contribuíram na perda de fôlego do grupo habitação (0,47% para 0,23%), enquanto a gasolina (8,62% para 6,42%) aliviou um pouco o conjunto dos transportes (1,84% para 1,46%). Também desaceleraram saúde e cuidados pessoais (0,32% para 0,21%), comunicação (0,24% para 0,05%) e despesas diversas (0,12% para 0,10%).


Em contrapartida, os grupos vestuário (-0,38% para 0,12%) e educação, leitura e recreação (0,11% para 0,13%) apresentaram acréscimo no encerramento de agosto.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos