Bolsas

Câmbio

Senado dos EUA aprova Randal Quarles para o Fed

O Senado dos Estados Unidos aprovou, por 65 votos a 32, o nome de Randal Quarles para membro do Federal Reserve (Fed). Feita em julho, trata-se da primeira indicação do presidente Donald Trump aprovada pelo Congresso americano.


Quarles atuará como vice-presidente de regulação do BC americano, cargo criado oficialmente pelo Congresso em 2010, mas que era desempenhado extra-oficialmenteaté abril deste anopor Daniel Tarullo, ex-membro do "board" do Fed (de janeiro a 2009 a abril de 2017).


Quarles terá como desafio reformular medidas previstas na Lei Dodd-Frank. O objetivo declarado de Trump, e já sinalizado pelo novo membro do Fed, é afrouxar ou eliminar regras percebidas como excessivamente duras para os bancos.


A lei Dodd-Frank foi assinada pelo presidente Barack Obama em 21 de julho de 2010 em resposta à crise financeira de 2007-2008, e trouxe as mudanças mais significativas à regulamentação financeira desde a reforma regulatória que se seguiu à Grande Depressão.


Entre 2001 e 2006, Quarles foi subsecretário de finanças domésticas e secretário adjunto de assuntos internacionais do Departamento do Tesouro dos EUA. Foi também diretor executivo do Fundo Monetário Internacional (FMI). Deixou o governo em 2006 e tornou-se diretor administrativo da empresa de capital privado Carlyle Group, investindo em bancos com problemas. O último cargo foi de diretor-gerente do Cynosure Group, uma empresa de investimentos de Utah.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos