Fusões e aquisições no Brasil caem 5,32% no 3º trimestre, diz TTR

A plataforma Transactional Track Record (TTR) divulgou relatório indicando que as fusões e aquisições registradas no Brasil no terceiro trimestre caíram 5,32%, para 267 operações, na comparação anual.


Entre as transações com valor divulgado, o montante foi de R$ 56,3 bilhões, alta de 1,43% ante o período de julho a setembro de 2016.


No acumulado do ano, as fusões e aquisições chegaram a 767, alta de 3,93%. O montante divulgado caiu 1,94%, para R$ 133,1 bilhões.


O segmento mais movimentado foi o de tecnologia, com 131 operações no ano até setembro, alta de 18%. Na sequência, o setor financeiro se manteve estável em relação ao ano passado, com 81 negócios.


A maior operação do trimestre foi o leilão de concessão da usina hidrelétrica de São Simão, realizado na semana passada, onde a chinesa SPIC venceu a disputa com uma proposta de R$ 7,18 bilhões.


O maior comprador até o momento são os Estados Unidos, movimentando R$ 18,2 bilhões em transações desde janeiro.


No segmento de private equity, as transações caíram 21%, para 19 negócios.


O montante divulgado, no entanto, subiu 269% no período para R$ 7,89 bilhões, com destaque para a transferência de controle da Alpargatas por R$ 3,48 bilhões.


Os investimentos envolvendo capital de riscol caíram 37%, somando 39 transações, com um montante divulgado de R$ 698,41 milhões.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos