Bolsas

Câmbio

American Airlines revisa para cima metas de receita e lucro no 3º tri

A American Airlines revisou para cima as projeções de receita por passageiro e para margem de lucro para o terceiro trimestre deste ano.


A companhia projeta agora encerrar o período de julho a setembro com incremento de 0,5% a 1,5% na receita total por passageiro a cada assento disponível por milha voada (Trasm, na sigla em Inglês) sobre os números de igual período de 2016, uma meta 0,5 ponto percentual superior ao guidance anterior.


Para a margem de lucro antes de juros e impostos, a American Airlines agora prevê atingir uma rentabilidade de 9% to 11%, ante uma expectativa anterior que variava de 8,5% to 10,5%.


A revisão foi determinada porque a companhia conseguiu ter no terceiro trimestre um Yield ? quanto o passageiro paga em média para voar um quilômetro ? mais forte que o esperado antes.


Pouco antes das 10h (horário de Brasília), na bolsa eletrônica americana Nasdaq, a ação da American Airlines operava em alta de 3,08% no pré-mercado, cotada a US$ 52,16.


A American Airlines disse que o desempenho pode melhorar ainda mais no quarto trimestre porque os efeitos negativos provocados pelas despesas extras geradas por voos cancelados durante as passagens dos furacões Harvey, Irma e Maria pelo Caribe e América do Norte já terão cessado.


Segundo a companhia, cerca de 8 mil voos foram cancelados no terceiro trimestre por causa desses eventos climáticos, com custos extras de US$ 75 milhões.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos