Seis de sete capitais registram inflação no começo de outubro, diz FGV

Seis das sete capitais avaliadas pela Fundação Getulio Vargas (FGV) registraram inflação na primeira medição de outubro. Apenas o Rio de Janeiro registrou queda no Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) no período, de 0,10%.


Em Belo Horizonte, o IPC-S teve alta de 0,36% na primeira leitura de outubro, vindo de aumento de 0,22% no fim de setembro. Em Recife, a taxa passou de 0,27% para 0,34% de elevação.


Na capital paulista, o IPC-S deixou a deflação de 0,04% para subir 0,20% na leitura inicial de outubro. O grupo hortaliças e legumes subiu 0,16% depois de uma deflação de 7,22% e, desta forma, reverteu o sinal do grupo alimentação (-0,43% para 0,02%), um dos principais responsáveis até então por manter a inflação comportada.


Em Porto Alegre, os preços foram de queda de 0,24% para incremento de 0,02%, influenciados por vestuário (de 0,28% para 0,84%) e habitação (-0,93% para -0,42%). Em Salvador, o IPC-S saiu de 0,17% para 0,28% de alta.


No caso de Brasília, o índice de preços passou de 0,20% para 0,19% de elevação, influenciado especialmente por vestuário, que caiu 0,41% após a alta de 1,38% na medição anterior.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos