PUBLICIDADE
IPCA
+0,53 Jun.2021
Topo

Ibovespa opera em baixa; Usiminas e Embraer recuam

17/10/2017 12h07

O Ibovespa segue em leve queda na manhã desta terça-feira, dando sequência ao movimento de ajuste observado na sessão anterior. Uma das ações que se destacam nessa dinâmica é Usiminas, que chegou a entrar em leilão ao ceder 3,40% e, às 11 horas, tinha queda de 0,58%. Segundo profissionais, não há notícias que justifiquem esse movimento, mas apenas uma correção de preços, dado que o papel vem de uma sequência de forte valorização há semanas, levando a cotação a renovar máximas seguidamente.


Outra ação que se destaca na ponta negativa é Embraer. Mas, neste caso, o que justifica o movimento vendedor é a notícia sobre a sociedade entre a francesa Airbus e a canadense Bombardier para o projeto de aeronaves comerciais CSeries. Às 11h02, a ação perdia 3,59%.


O ambiente global, onde há cautela por causa da expectativa pela definição da sucessão da presidente do Federal Reserve (Fed, banco central americano), Janet Yellen, e o doméstico, onde a perspectiva de votação do pedido de denúncia contra Michel Temer inspira também algum cuidado, contribuem para a correção dos preços de forma geral.


Mas analistas são unânimes em afirmar que se trata apenas de um "respiro" e que a tendência da bolsa é de alta.


Às 11h03, o Ibovespa cedia 0,19%, para 76.744 pontos.