Bolsas

Câmbio

CM Hospitalar compra controle da Cremer por R$ 499 milhões

A distribuidora de medicamentos e produtos de saúde CM Hospitalar, do grupo Mafra, divulgou nesta segunda-feira (27), por meio de fato relevante, que comprou a participação de 91,09% do fundo de investimento Tambaqui na Cremer, fornecedora de materiais descartáveis da área de saúde e higiene pessoal.


O Tambaqui FIP é gerido pela Tarpon e o valor da venda foi de R$ 499,173 milhões, ou R$ 17,58 por ação. Do valor total, R$ 155,564 milhões ficarão retidos pela CM Hospital, a fim de garantir obrigações de indenização assumidas pelo fundo de investimento, conforme fato relevante.


O capital social da Cremer é dividido em 31.171.727 ações, sendo 28.394.411 detidas pelo Tambaqui FIP e 2.777.316 com acionistas minoritários. Assim, a empresa pedirá à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) um registro de oferta pública de aquisição de ações (OPA, na sigla em inglês) em até 30 dias.


A operação foi aprovada pelo conselho de administração no dia 26 de novembro, conforme ata da reunião, e está sujeita à aprovação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) e dos credores da Cremer.


O objetivo da CM Hospitalar com a operação, conforme o fato relevante, é expandir e diversificar os negócios. "A operação resultará na criação de sinergias e compartilhamento de custos e despesas operacionais entre a CM Hospitalar e a Cremer."


No terceiro trimestre de 2017, a Cremer registrou lucro líquido de R$ 5,993 milhões, um valor 2,6 vezes acima do igual período de 2016. O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) foi de R$ 24,095 milhões, um avanço anual de 3,1%.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos