Confiança do comércio recua em novembro, aponta FGV

A confiança do comércio diminuiu em novembro, conforme pesquisa daFundação Getulio Vargas (FGV).No penúltimo mês de 2017, oÍndice de Confiança do Comércio (Icom) caiu 0,1 ponto, para 92,4 pontos. Nos dois meses anteriores, o índice havia acumulado alta de 10,1 pontos.


"O resultado de novembro pode ser interpretado como uma relativa acomodação da confiança do comércio após dois meses em forte elevação", avalia Rodolpho Tobler, coordenador da Sondagem do Comércio do Ibre-FGV.


Apesar da relativa estabilidade no mês, o Icom sustenta crescimento no ano. Entre janeiro e novembro, o índice subiu 13,5 pontos; no acumulado do calendário anterior, a alta havia sido de 9,7 pontos.


Há uma diferença qualitativa entre o desempenho de 2016 e de 2017: no ano passado, mais de 91% da alta havia sido motivada pela melhora das expectativas, expressa no Índice de Expectativas (IECom; já em 2017, houve um avanço mais expressivo do Índice de Situação Atual (ISA-Com), que foi responsável por 62,4% da alta do Icom, diz a FGV.


"A queda do Índice da Situação Atual mostra que a recuperação da economia continua ocorrendo de forma gradual. Já a sustentação da alta do Índice de Expectativas reforça o diagnóstico de manutenção da tendência de retomada do setor no ano, sob influência da inflação baixa, do ciclo de redução das taxas de juros e da melhora recente da confiança dos consumidores", diz Tobler.


A edição de novembro de 2017 coletou informações de 1.181 empresas entre os dias 1 e 24 deste mês.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos