Bolsas

Câmbio

Juros futuros recuam com cena política no foco; dólar opera a R$ 3,22

Os juros futuros apontaram para baixo nos primeiros negócios desta terça-feira. O alívio nas taxas se evidenciava de maneira um pouco mais clara em vencimentos intermediários e longos, que têm operado sob pressão da cautela na política.


O avanço da reforma da Previdência ainda é um dos pontos de incerteza em boa parte dos cenários dos agentes financeiros. O comportamento das taxas nesta manhã sinaliza, entretanto, algum alento nessa desconfiança.


Às 10h14, o DI janeiro de 2021 marcava baixa de 9,190%, ante 9,240% no ajuste anterior. Num horizonte mais estendido, o DI janeiro de 2023 recuava a 10,040%, ante 10,080% um dia antes.


No mercado de câmbio, o dólar comercial subia 0,08%, saindo a R$ 3,2223.


Uma das novidades no Brasil vem do PSDB, que deve ser presidido pelo atual governador de São Paulo, Geraldo Alckmin. O tucano já se mostrou a favor do desembarque da administração Michel Temer. A agenda de reformas, entretanto, ainda deve contar com o apoio do partido, o que pode agradar os investidores.


O ambiente de negócios nesta terça-feira também conta expectativa pela sabatina de Jerome Powell, indicado à presidência do Federal Reserve (Fed, banco central americano), no Senado dos EUA.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos