Bolsas

Câmbio

Fabricantes de motos veem retomada em 2018 e alta de 5% na produção

O crescimento na produção e venda de motos nos últimos dois meses está animando as montadoras instaladas no Brasil. Segundo a Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares (Abraciclo), a previsão é fechar o ano com 890 mil unidades, patamar igual ao de 2016. Já para 2018 a estimativa da entidade é de expansão de 5% na produção.


No acumulado do ano até novembro ainda há uma queda de 4,8% na produção, 813.868 unidades. Mas o mês passado apresentou um crescimento de 5,6% sobre outubro e de 18,2% em relação a novembro de 2016. "Este cenário confirma que teremos pela frente um ano [2018] com resultados mais positivos e o início da retomada da indústria de motocicletas", afirma Marcos Fermanian, presidente da Abraciclo.


As vendas no atacado - para as concessionárias - subiram 5% na comparação com outubro, somando 73 mil unidades. Nos 11 meses do ano a queda é de 7%, para 746 mil unidades.


Já as exportações tiveram alta de 41,9% no acumulado do ano, com embarque de 74.682 unidades e a Argentina como destino de 65,4% desse volume.


As projeções para 2018 apontam alta de 5,1% na produção, de 4,6% nas vendas no atacado, 2,1% nas vendas no varejo e de 2,4% nas exportações.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos