Bolsas

Câmbio

PSDB já desembarcou do governo, diz Alckmin

O novo presidente nacional do PSDB e governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, disse nesta segunda-feira que o partido já desembarcou do governo do presidente Michel Temer. A legenda, porém, ainda tem dois ministros na gestão pemedebista, Aloysio Nunes Ferreira (Relações Exteriores) e Luislinda Valois (Direitos Humanos).


Questionado por jornalistas sobre o que deve acontecer primeiro, a reforma da Previdência ou a saída do PSDB do governo Temer, Alckmin foi categórico: "O desembarque já ocorreu". "Os dois ministros que tinham presença mais política já saíram. Isso já ocorreu", afirmou, em referência aos ex-ministros Bruno Araújo (Cidades) e Antonio Imbassahy (Secretaria de Governo).


Alckmin voltou a afirmar que o PSDB defende a reforma da Previdência e fez questão de destacar que o partido lutou também pela aprovação da reforma trabalhista, assim como pela "ampliação do escopo" do projeto que muda as leis referentes aos trabalhadores.


O governador disse defender o fechamento de questão da bancada na Câmara e no Senado para aprovar a reforma e afirmou que irá nesta semana a Brasília conversar com os parlamentares sobre a votação. Alckmin participou na noite desta segunda-feira de um evento do Lide - Grupo de Líderes Empresariais, no Palácio dos Bandeirantes.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos