Bolsas

Câmbio

Greve na Argentina afeta voos de aéreas brasileiras

(Atualizada às 11h10) A greve geral convocada na Argentina pela Confederação Geral do Trabalho (CGT), em protesto contra a reforma da Previdência que será discutida na Câmara dos Deputados, teve adesão das principais associações aeronáuticas no país, afetando assim a malha de voos do país, incluindo rotas ligando destinos argentinos e brasileiros.


A Latam informou que a operação de voos domésticos e internacionais nos aeroportos argentinos está sendo afetada pela greve anunciada pela CGT.


"A companhia lamenta os possíveis inconvenientes que esta situação pode causar e sugere aos passageiros evitarem o deslocamento para os aeroportos argentinos durante o período, e checarem previamente a situação dos voos por meio dos canais de atendimento ao cliente da companhia", disse a Latam, que oferece a possibilidade de reprogramar a viagem, por meio dos canais de relacionamento, como os digitais latam.com e os telefones 4002-5700 (capitais) e 0300 570 5700 (todo o Brasil).


A Gol informou que devido à greve deflagrada hoje na Argentina, os voos da companhia de e para o país foram previamente cancelados e os clientes reacomodados em outros voos da companhia.


A Gol disse que as centrais de atendimento, 0300-115-21-21, no Brasil, e 0810-266-3131, na Argentina, estão de prontidão para atendimento e possibilitam aos clientes a remarcação sem custo adicional. "A Gol reforça que não está medindo esforços para minimizar os impactos", disse a empresa.


A Azul informou que as operações da empresa em Buenos Aires, programadas para acontecerem nesta segunda-feira, foram afetadas em função de uma greve nacional no país. "A empresa já está trabalhando para comunicar e reacomodar seus clientes com bilhetes comprados para a data", informou a Azul.


Na Argentina, a Aerolineas Argentinas também avisou que vai cancelar os voos de cabotagem e regionais a partir das 12h (13h no horário de Brasília).


Segundo o jornal "La Nación", a suspensão e o cancelamento de voos de Latam e Aerolíneas Argentina afetam mais de 20 mil passageiros.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos