ipca
-0,09 Ago.2018
selic
6,5 19.Set.2018
Topo

Vice-presidente da Locamerica renuncia após negócio com Unidas

29/12/2017 17h49

Um dia após o anúncio da fusão entre a Companhia de Locação das Américas (Locamerica) e a Unidas, o diretor vice-presidente, Dirley Pingnatti Ricci, renunciou ao posto. O executivo estava na administração da empresa desde julho deste ano e seu mandato iria até julho de 2019.


Ricci fundou em 1994 a Auto Ricci, que foi adquirida pela concorrente Locamerica em março de 2017, em negócio que, na época, criou uma empresa com faturamento combinado de R$ 1,126 bilhão ao ano e 43 mil veículos. Naquela ocasião, foram compradas 33,7% das ações da Ricci por R$ 53,9 milhões, em uma operação cujo valor de mercado da Ricci foi avaliado em 9,4 vezes o lucro líquido ajustado dos últimos 12 meses encerrados em dezembro do ano passado.


Já no negócio anunciado ontem, a Locamerica pretende adquirir 40,3% do capital da Unidas por R$ 398,641 milhões.


Após essa fusão, os atuais controladores da Locamerica ? Luis Fernando Porto, Sergio Guerra de Resende, e RCC Participações Sociais, que têm 54,81% das ações, passarão a deter 39,2% da operação combinada. O fundo Fitpart não participará do bloco de controle da operação combinada. O restante das ações (35,6%) terá livre circulação.


No caso da Unidas, o grupo português Principal, e a americana Enterprise - atuais controladores da empresa - terão 25,2% da operação combinada. Os fundos Gávea, Vinci e Kinea, que participavam do grupo de controle da Unidas, saem totalmente da operação.

Mais Economia