Bolsas

Câmbio

Trafégo da Delta Air Lines recua 0,4% em dezembro

A Delta Air Lines, segunda maior companhia aérea dos Estados Unidos, registrou em dezembro uma retração de 0,4% no tráfego medido em passageiros-milhas transportados (RPM, na sigla em Inglês). Apesar dessa redução no último mês do ano, a companhia ? que no Brasil é a maior sócia minoritária da Gol ? fechou 2017 com crescimento de 2,2% da demanda total.


Em dezembro, a Delta Air Lines foi afetada por problemas operacionais no principal aeroporto da empresa, o de Atlanta. O terminal ficou sem operar por cerca de 11 horas no dia 17 de dezembro após uma queda de energia. Durante o período, mais de 1,4 mil voos foram cancelados em toda a malha da empresa.


A companhia disse que as despesas geradas por esses voos cancelados terão um impacto no quarto trimestre de US$ 25 milhões a US$ 50 milhões.Apesar desse evento negativo, a Delta Air Lines afirmou que vai registrar no quarto trimestre uma margem de lucro operacional da ordem de 11%


A empresa encerrou dezembro com incremento de 0,9% na oferta, medida em assentos-milhas disponíveis (ASM), determinando para o ano uma variação acumulada de 1%.


Na América Latina, a Delta Air Lines registrou em 2017 crescimento de 3,1% na demanda e de 1% na capacidade.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos