ipca
0,48 Set.2018
selic
6,5 19.Set.2018
Topo

Vendas do Casino sobem 5% em 2017, a 37,8 bilhões de euros

17/01/2018 09h32

O grupo varejista francês Casino, que no Brasil controla o Grupo Pão de Açúcar (GPA), informou nesta quarta-feira que registrou em 2017 um montante total de vendas de 37,8 bilhões de euros, representando um aumento de 5% em relação ao mesmo período do ano passado.


O crescimento orgânico geral, que considera o total de unidades, foi de 3,2% no período. No conceito "mesmas lojas", que considera pontos em operação há mais de 12 meses, as vendas subiram 2,4%.


As operações na América Latina, excluindo os resultados do Grupo Pão de Açúcar, registraram o maior aumento nas vendas no ano passado, com alta de 11%, para 17 bilhões de euros. As operações na França cresceram 0,6%, para 21 bilhões de euros. As vendas em lojas recuaram 0,2%, para 19 bilhões de euros, enquanto o site Cdiscount viu um aumento de 8,3% da receita com vendas, para 2 bilhões de euros.


Trimestre


No quarto trimestre, o Casino apresentou queda de 0,3% no total de vendas, a 10 bilhões de euros. Em termos orgânicos, o montante cresceu 3,2% e avançou 2% em "mesmas lojas".


Na França, as vendas totais recuaram 0,8%, totalizando 5 bilhões de euros, por conta de efeitos relacionados a calendário, que tiveram um efeito negativo de 0,7%, e da transferência de franquias de supermercados, que diminuíram as vendas totais em 0,3%. Elas tiveram crescimento de 0,1% em termos orgânicos e 0,3% em "mesmas lojas".


As vendas do grupo na América Latina, sem os resultados do Grupo Pão de Açúcar, recuaram 1%, para 4,5 bilhões de euros, mas cresceram 5,5% em termos orgânicos, em um período marcado pela desaceleração da inflação dos alimentos na região.


Na segunda-feira, o Grupo Pão de Açúcar informouque atingiu no quarto trimestre vendas líquidas de R$ 12,5 bilhões, um crescimento de 6,8% no conceito total de lojas e de 3,5% em mesmas lojas (unidades abertas há mais de um ano) na comparação com o mesmo período do ano passado.

Newsletters

Receba dicas para investir e fazer o seu dinheiro render.

Quero receber

Mais Economia