Bolsas

Câmbio

Incêndio em hospital na Coreia do Sul mata 31 pessoas e fere 77

Um incêndio em um hospital no sudeste da Coreia do Sul, nesta sexta-feira, matou mais de 30 pessoas e feriu dezenas de outras, em um dos acidente mais mortais do país nos últimos anos.


O chefe dos bombeiros Choi Man-wu disse em um comunicado transmitido pela televisão que o incêndio no Hospital Sejong, na cidade de Miryang, deixou 31 mortos e 77 feridas, oito delas em estado crítico.


O incêndio começou no primeiro andar do hospital, às 7h35 (20h35 de Brasília), e foi controlado às 10h26 (23h26), disse Choi. A causa do incêndio está sob investigação.


Ele disse que um total de 194 pessoas havia sido hospitalizada em dois edifícios do Hospital Sejong, incluindo 94 pessoas idosas que estavam na ala de enfermagem antes do incêndio.


O Hospital Sejong possui uma unidade de enfermagem para idosos e oferece serviços médicos regulares.


A Coreia do Sul é um dos países com maior crescimento do número de idosos no mundo e tem muitos hospitais de enfermagem, que são preferidos para pessoas idosas que precisam de cuidados médicos de longo prazo.


No fim de dezembro, 29 pessoas morreram em um incêndio que atingiu um prédio de oito andares na cidade de Jecheon, no centro de Seul. Foi o incêndio com mais vítimas fatais do país na última década antes do incêndio desse hospital.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos