Bolsas

Câmbio

Ibovespa opera em baixa e perde patamar de 85 mil pontos

O Ibovespa inicia a sessão em queda, num claro movimento de realização de lucros. As quedas estão espalhadas entre diferentes papéis e setores, mas atinge mais diretamente as ações que mais subiram a semana passada. É o caso de Bradesco ON, que atingiu máxima histórica e, hoje, recuava 2,15% às 10h34. No mesmo horário, o Ibovespa perdia 0,80%, para 84.844 pontos.


As blue chips, de modo geral, operavam no terreno negativo, após o forte rali que levou o Ibovespa para cima da marca de 85 mil pontos. Petrobras ON cedia 1,06%, enquanto Petrobras PN perdia 1,51%. O movimento ocorre a despeito da elevação do preço alvo para o ADR da companhia pelo Credit Suisse, de US$ 12,4 para US$ 15,00.


Itaú, que também tocou marca histórica na semana passada, caía 1,24%.


Já Vale ON, que iniciou a sessão em queda, tinha valorização de 0,70%.


Embraer ON também retoma o terreno positivo e subia 0,66%. O mercado digere a afirmação do presidente Michel Temer, em entrevista ao Valor, de que o governo não quer perder o controle da Embraer.


Na ponta positiva, estavam as ações de papel e celulose Fibria (8%) e Suzano (3,21%). A queda do dólar e a expectativa pela divulgação do resultado da Fibria impulsionam os papéis.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos