Bolsas

Câmbio

Juros futuros têm leve alta com dólar e exterior

As taxas de DI começaram a semana em alta moderada, mas seguem abaixo de patamares negociados antes do julgamento do ex-presidente Lula, na quarta-feira (24). A valorização, nesta segunda-feira (29), de cerca de 1% do dólar ante o real, num dia de ajuste negativo para ativos emergentes, amparou viés comprador de taxa na B3. No entanto, arelativa tranquilidade do mercado de juros sinaliza que investidores seguem com perspectivas melhores para a agenda local de reformas, baseados na ideia de que um candidato de centro-direita vencerá as eleições de outubro.


A diferença entre os DIs janeiro/2023 e janeiro/2019, uma medida de risco, subia 3 pontos-base, a 272 pontos-base, após estabilidade na sexta-feira (26) e queda de 20 pontos-base na quarta. Na terça-feira (23), esse "spread" estava em 289 pontos-base.


Na curva a termo, a Selic projetada para o fim do ano ia de 7,94% ao ano para 7,97%, ainda abaixo dos 8,23% do começo da semana passada. Os contratos de DI mantiveram cerca de 30% de chance de corte de 0,25 ponto percentual da Selic em março, após esperada redução na mesma magnitude em fevereiro.


O mercado pode fazer algum "ajuste fino" nessa precificação nesta terça-feira (30), quando será divulgado o IGP-M de janeiro. Na sexta (2), será reportado o IPC-Fipe deste mês. Hoje, a taxa da terceira quadrissemana teve aceleração sobre a segunda, mas ficou abaixo da registrada no mesmo período do ano passado.


Confiantes no cenário benigno para a inflação, estrategistas do Nomura voltaram a assumir posições vendidas em DIs curtos, justamente com o objetivo de capturar probabilidade de um Comitê de Política Monetária (Copom) mais "dovish" (inclinado a diminuir os juros).


Ao fim do pregão regular, às 16h, o DI janeiro/2019 subia 1 ponto-base, a 6,79% ao ano, o DI janeiro/2020 marcava 7,97%, 4 pontos-base acima do ajuste anterior, oDI janeiro/2021 também se elevava em 4 pontos-base, a 8,78%, e o DI janeiro/2023 aumentava em 4 pontos-base, a 9,51%.Também em alta de 4 pontos-base, o DI janeiro/2025 projetava 9,9%. E o DI janeiro/2027 indicava 10,14%, 3 pontos-base acima do ajuste de sexta-feira (26).

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos