Bolsas

Câmbio

Shell faz descoberta em águas ultraprofundas do Golfo do México

A petroleira anglo-holandesa Shell reportou nesta quarta-feira uma das maiores descobertas da companhia na parte americana do Golfo do México da última década, na área de Whale, em águas ultraprofundas. Segundo a empresa, foi encontrada uma coluna de óleo de 427 metros.


A Shell informou que a avaliação da descoberta está em andamento, assim como a da perfuração para definir alternativas de desenvolvimento.


Whale está localizado no bloco 772 de Alaminos Canyon. A Shell é a operadora do local com 60% de participação, em parceria com a americana Chevron, 40%. O bloco é adjacente ao campo de Silvertip, também operado pela Shell e situado a 16 quilômetros da plataforma de Perdido.


A Chevron também reportou uma descoberta significativa de óleo no prospecto de Ballymore, no Golfo do México, em lâmina d'água de 2 mil metros de profundidade.De acordo com a companhia, o poço atingiu profundidade total de 8,8 mil metros e foi encontrada coluna de óleo de 204,2 metros, com "características de reservatório e fluidos excelentes".


Um segundo poço está sendo perfurado para aumentar as avaliações da descoberta e iniciar as definições das alternativas de desenvolvimento da área.


Neste caso, a Chevron é a operadora da área com 60% de participação, em parceria com a francesa Total (40%).

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos