Bolsas

Câmbio

TV mostra áudio em que Cristiane Brasil cobra votos de servidores

O programa Fantástico, da TV Globo, mostrou neste domingo áudio em que a deputada federal Cristiane Brasil (PTB-RJ), indicada para o Ministério do Trabalho pelo presidente Michel Temer, mas com a posse suspensa devido a ações movidas contra ela na Justiça do Trabalho, cobra de servidores públicos a busca de votos para ela se eleger à Camara dos Deputados. O áudio é de 2014, quando Cristiane ocupava a Secretaria Especial do Envelhecimento Saudável e da Qualidade de Vida na Prefeitura do Rio de Janeiro.


"Se eu perder a eleição de deputada federal... Eu preciso de 70 mil votos. Eu fiz quase 30 (mil votos). Agora são 70 mil. No dia seguinte, eu perco a secretaria. No outro dia, vocês perdem o emprego", disse Cristiane a cerca de 50 servidores públicos e prestadores de serviço da pasta, de acordo com o Fantástico.


Na época, Cristiane estava licenciada da Câmara dos Vereadores carioca para comandar a secretaria e tentava se eleger deputada federal pelo PTB, o mesmo partido do pai, Roberto Jefferson. Ela foi eleita em 2014 para a Câmara federal com pouco mais de 80 mil votos.


A autenticidade do áudio foi comprovada por um perito. "Não foi identificado nada na perícia, na análise técnica, qualquer tipo de corte ou edição nele. A voz de fato é da Cristiane Brasil", avaliou o perito Wanderson Castilho ao programa da TV Globo.


O Fantástico ouviu três pessoas que participaram da reunião. Elas não quiseram gravar entrevista, mas confirmaram a pressão de Cristiane por votos. Outro que trabalhou para a secretaria entre 2011 e 2014, na gestão de Cristiane, diz ter participado de reuniões como a exibida. Questionado se sentia pressionado a fazer campanha, ele disse que sim.


A assessoria de Cristiane Brasil afirmou que, "embora não tenha obtido acesso ao conteúdo do áudio, e desconhecer em quais circunstâncias foi gravado, a deputada jamais infringiu qualquer norma ética ou jurídica relacionada às eleições". O Fantástico afirma que por três semanas propôs que a deputada ouvisse o áudio, mas ela não aceitou.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos