ipca
0,45 Out.2018
selic
6,5 31.Out.2018
Topo

Produção de veículos sobe 24,6% em janeiro ante 2017, aponta Anfavea

06/02/2018 13h19

(Atualizada às 12h57) A produção de veículos no Brasil continua recuperando as perdas do período de recessão. Em janeiro de 2018, saíram das montadoras instaladas no país 216,8 mil veículos, o que representou avanço de 24,6% na comparação com o mesmo mês do calendário anterior.


Segundo o presidente da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), Antonio Megale, o volume produzido em janeiro já equivale à média mensal dos últimos dez anos. O executivo disse que o governo tem consciência de que esse setor é importante para a economia do país, por isso, ele espera para breve o anúncio do Rota 2030, o novo programa de incentivos ao setor automotivo.


No primeiro mês de 2018, avenda de veículos novos no país somou 181,2 mil unidades. O resultado, que representou crescimento de 23,1% em relação ao mesmo mês do ano anterior, "não foi ruim" na visão de Megale.


Para ele, o resultado revela uma sazonalidade típica de início do ano e, por isso, "não dá para comemorar". O crescimento expressivo na comparação com janeiro de 2017 deve-se ao desempenho ruim das vendas no início daquele ano.


O mesmo aconteceu no segmento de caminhões. Numa base de comparação fraca, o aumento das vendas desses veículos pesados em janeiro de 2018 alcançou 54,8% em relação ao mesmo mês do calendário antecedente.


A Anfavea prevê crescimento de 11,7% no mercado brasileiro de veículos em 2018, após a venda de 2,23 milhões de veículos no país no ano anterior.


Em razão da sazonalidade do período, os estoques ficaram ligeiramente mais elevados em relação ao último mês de 2017. Em dezembro, fábricas e concessionárias acumulavam o suficiente para 36 dias de vendas. No fechamento de janeiro, o volume subiu para o equivalente a 38 dias.


Exportação


O volume de veículos exportados pelo Brasil em janeiro aumentou 23,6% na comparação com o mesmo mês de 2017, num total de 47 mil unidades. Foi o melhor resultado em um mês de janeiro em toda a história da indústria automobilística no Brasil.


A receita obtida com as vendas externas da indústria automobilística alcançou US$ 728 milhões em janeiro. Junto com as exportações de máquinas agrícolas, o que totalizou US$ 1,03 bilhão, o resultado foi recorde histórico.


O volume de veículos embarcados em janeiro está também bem acima da média mensal dos últimos anos, segundo Megale. Para ele, em 2018, as vendas externas de veículos deverão superar o resultado de 2017, recorde no setor. No ano passado, o Brasil exportou 766 mil veículos, o que totalizou uma receita de U$ 15,8 bilhões.


Há grande expectativa, na Anfavea, em torno do acordo recentemente aprovado, entre os governos do Brasil e Colômbia, para intercâmbio comercial de veículos sem Imposto de Importação. A Colômbia é o quarto maior mercado de exportação de veículos produzidos no Brasil.


Emprego


Em janeiro, as montadoras de veículos abriram 597 vagas e 164 empregados que estavam afastados, em regime de "layoff", voltaram ao trabalho. "De gota em gota, começamos a retomar os níveis de emprego", disse Megale.


Os fabricantes de veículos encerraram o mês com 110,5 mil funcionários, o que representou um aumento de 1% na comparação com o quadro efetivo de um ano atrás. Ainda assim, 1,7 mil trabalhadores continuam afastados do trabalho, pelo sistema de "layoff" ou no Programa Seguro Emprego (PSE), que permite redução de jornada.

Mais Economia