Bolsas

Câmbio

Ambev ganha com permuta de participações com AB InBev

No balanço do quarto trimestre de 2017, a Ambev registrou uma despesas em itens não recorrentes de R$ 27,4 milhões, ante uma receita não recorrente de R$ 1,18 bilhão no ano anterior.


Essa despesa, segundo a companhia, está relacionada principalmente a custos de reestruturação no total de R$ 24,5 milhões. Já em 2016, a receita não recorrente foi explicada por um ganho, sem efeito caixa, de R$ 1,24 bilhão relacionado à permuta de operações entre a Ambev e a Anheuser-Busch InBev (AB InBev).


A Ambev transferiu para a AB InBev suas operações na Colômbia, no Peru e Equador. A AB InBev, por sua vez, transferiu a operação no Panamá para a Ambev.


No balanço, a Ambev também apresentou um avanço de 189,4% nas outras receitas operacionais do quarto trimestre, para R$ 450,3 milhões. Esse aumento foi explicado por uma base de comparação muito baixa no quarto trimestre de 2016.


Além disso, a empresa teve um aumento na subvenção governamental de 76,8%, para R$ 346,9 milhões. E apresentou um ganho com reversão de provisões de R$ 34,9 milhões, ante uma perda de R$ 85,8 milhões no quarto trimestre de 2016.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos