Bolsas

Câmbio

Com estratégia "conservadora", Banco de Brasília vê lucro crescer 30%

O Banco de Brasília (BRB) registrou lucro líquido de R$ 259,9 milhões em 2017, com alta de 29,6% em relação ao ano anterior.O BRB é controlado pelo governo do DF, que tem uma fatia de 80,33% no banco.


O resultado bruto da intermediação financeira aumentou 17,4%, para R$ 1,701 bilhão. Já a receita com prestação de serviços e tarifas teve alta de 0,3%, a R$ 343 milhões.


A carteira de crédito encolheu 7,8%, a R$ 8,626 bilhões. "O banco vem adotando estratégia mais conservadora, priorizando a contenção da inadimplência e a preservação da qualidade da carteira de crédito. A atual gestão, no sentido de explorar o potencial e promover um crescimento sólido e sustentável, tem concentrado o foco nas carteiras cujos riscos são menores e que trazem um relacionamento de longo prazo e de qualidade com o cliente", diz o relatório da administração.


O retorno sobre o patrimônio líquido (ROAE) ficou em 21,3% em 2017, de 17,6% em 2016. O índice de Basileia subiu para 15,69%, de 15,26%.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos