ipca
-0,21 Nov.2018
selic
6,5 31.Out.2018
Topo

Ibovespa se sustenta no campo positivo, com Petrobras e bancos em alta

06/03/2018 17h07

Após chegar a subir 1% no começo do dia, o Ibovespa perdeu força mas manteve-se no campo positivo, sustentado pela alta nos papéis da Petrobras e pelo bom desempenho dos bancos, em especial o Banco do Brasil.


Por volta de 17h00, o Ibovespa avançava 0,21%, aos 86.203 pontos. Até o momento, o volume financeiro do indicador soma R$ 7,05 bilhões ? o giro projetado para o pregão de hoje é de R$ 8,6 bilhões.


O indicador é impulsionado por Petrobras PN, que opera em alta de 0,41% e apresenta o maior giro do dia, com R$ 1,1 bilhão. Petrobras ON, por sua vez, avança 0,13%, movimentando R$ 257 milhões.


As ações da estatal firmaram-se no campo positivo após a empresa afirmar que não foram cogitadas alterações nas regras atuais da política de preços da companhia. No início do dia, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, disse que o governo federal estaria discutindo uma nova política de reajuste dos combustíveis com a Petrobras, o que trouxe instabilidade aos papéis da empresa.


Além disso, destaque para o setor bancário no pregão de hoje, com Banco do Brasil ON operando em alta de 2,82% e giro de R$ 556 milhões, o terceiro maior volume movimentado no dia. Também avançam Itaú Unibanco PN (+0,23%) e Bradesco PN (+0,94%).


De acordo com operadores de mercado, o setor é impulsionado desde ontem por um relatório do Credit Suisse que demonstrou uma visão bastante otimista em relação aos bancos brasileiros para 2018, elevando preços-alvos e recomendações das principais empresas do segmento. "É um analista bastante respeitado pelo mercado, e a análise fez preço", disse um operador.


Na ponta positiva do Ibovespa, destaque para Usiminas PNA (+4,13%) e CSN ON (+2,64%), que, junto com Banco do Brasil ON, são as maiores altas do dia. No campo oposto, Marfrig ON (-3,51%) e Gerdau PN (-3,1%) lideram as perdas.

Mais Economia