ipca
-0,09 Ago.2018
selic
6,5 19.Set.2018
Topo

Ecorodovias cria comitê para investigar 2 subsidiárias

08/03/2018 10h17

A Ecorodovias informou nesta quinta-feira que o conselho de administração aprovou na quarta-feira a instalação de um comitê especial, vinculado ao colegiado, para analisar e investigar as subsidiárias Ecovia Caminho do Mar e Ecocataratas, localizadas no Paraná, que foram mencionadas preliminarmente no inquérito do Ministério Público Federal por conta de contratos com a GTech Engenharia e Planejamento.


Segundo o comunicado da empresa, o comitê será formado por dois profissionais externos e independentes. Ele terá regimento e orçamento próprio e deverá ser assessorado por um escritório de advocacia e por uma empresa de auditoria. Os integrantes do comitê especial ainda estão sendo selecionados.


Ao final das atividades, o comitê apresentará um relatório ao conselho de administração com recomendações sobre procedimentos internos de controle e medidas disciplinares e legais cabíveis, caso seja necessário.


A Ecovia Caminhos do Mar e Ecotaratas estão sendo investigadas pelo MPF por supostamente terem repassado recursos à GTech Engenharia e Planejamento, citada como uma das companhias usadas pela Triunfo para supostamente pagar agentes públicos, conforme Operação Integração, nome da 48ª fase da Lava-Jato.


Na quinta-feira passada, a Ecorodovias divulgou comunicado dizendo que o auditor interno, sob orientação do conselho de administração, iniciou uma análise dos contratos firmados por suas subsidiárias com a GTech. A auditoria, segundo a companhia, "indicou lisura, realização e efetiva entrega dos objetos contratados lastreados em volume e qualidade de documentação-suporte, processos de contratação concorrencial e documentação conforme políticas corporativas e comprovação de prestação dos serviços".

Mais Economia