ipca
-0,21 Nov.2018
selic
6,5 31.Out.2018
Topo

Ministro do Planejamento assume presidência-executiva do CAF

13/03/2018 14h44

O ministro do Planejamento, Dyogo de Oliveira, assumiu na manhã desta terça-feira a presidência-executiva do Banco de Desenvolvimento da América Latina (também chamado de Corporação Andina de Fomento, ou CAF). É a primeira vez que o Brasil vai comandar a diretoria, que é rotativa entre os membros e tem mandato de um ano.

De acordo com informações do Ministério do Planejamento, os membros do CAF também aprovaram hoje as contas de 2017. A pasta informa que, no ano, foram liberados US$ 12,2 bilhões em programas e projetos, sendo que ações no Brasil foram contempladas com US$ 1,25 bilhão (10% do total). No caso do país, menos de 30% são operações com risco soberano (US$ 367 milhões).

O CAF tem como missão impulsionar o desenvolvimento sustentável e a integração regional por meio de financiamento a projetos dos setores público e privado, além de cooperações técnicas e outros serviços. São sócios do CAF, atualmente, 19 países - 17 da América Latina e Caribe, além de Espanha e Portugal - e 13 bancos privados.

No Brasil, o banco mantém uma carteira atual de dez operações. O país é sócio do CAF desde 2007 e em 2015 passou a ser membro-pleno da instituição.

Mais Economia