ipca
-0,21 Nov.2018
selic
6,5 31.Out.2018
Topo

Dólar fica estável com queda da volatilidade cambial

14/03/2018 17h52

O dólar completou o quinto pregão consecutivo de variações bastante moderadas, fechando nesta quarta-feira praticamente estável e estendendo a um mês o período em que tem orbitado a região de R$ 3,25.

O dólar comercial teve variação negativa de 0,03%, a R$ 3,2605. O dólar para abril subia 0,11%, a R$ 3,2675.

A volatilidade histórica de 21 dias úteis da taxa de câmbio caiu hoje a 11,30% ao ano, cerca de 4 pontos percentuais abaixo da média histórica dos últimos quatro anos.

A queda as medidas de dispersão no mercado doméstico, porém, reflete as oscilações estreitas também no câmbio externo. A volatilidade implícita das moedas emergentes - uma medida da expectativa de variações à frente - caiu nesta quarta-feira a 6,90% ao ano, mínima desde 12 de janeiro, segundo dados do Barclays, cerca de duas semanas antes do início do "sell-off" que alvejou os mercados de ações em Wall Street e acabou repercutindo também nos mercados de moedas.

Analistas destacam uma conjunção de fatores para o declínio da volatilidade cambial. Aqui, a ausência de notícias políticas relevantes desestimula maior giro. No exterior, os sustos com a inflação americana e o tom protecionista de Trump também parecem diminuir, o que tira pressão das moedas.

Alguns no mercado citam, com algum sentimento de "esperança", a reunião de política monetária do Federal Reserve (Fed, BC americano) na semana que vem, quando o BC dos EUA deverá subir os juros e dar sinais mais claros sobre os próximos passos para o processo de aperto monetário.

Mais Economia