ipca
-0,09 Ago.2018
selic
6,5 1.Ago.2018
Topo

Dólar bate R$ 3,30 em meio a cautela com exterior

20/03/2018 11h33

O dólar e os juros futuros operam em alta moderada e abandonam a relativa estabilidade do começo do dia. A cautela com a decisão do Federal Reserve (Fed, banco central americano), amanhã, estimula uma aparente redução à exposição ao risco.

Ainda há dúvidas entre operadores se a autoridade monetária dos EUA sinalizará quarto altas de juros em 2018 ou manterá a projeção do fim do ano passado, de três movimentos. O primeiro aperto do ano já deve acontecer nesta quarta-feira, com elevação de 0,25 ponto percentual - amplamente esperada - para o intervalo entre 1,50% e 1,75%.

O efeito do exterior nos mercados brasileiros se dá pela alta do dólar e dos juros mais longos.

Às 11h31, o dólar comercial subia 0,53%, a R$ 3,3015.

O contrato futuro para abril, por sua vez, tinha elevação de 0,53%, a R$ 3,3055.

Comportamento semelhante é observado nos juros futuros. O DI janeiro/2021 marcava 8,290%. Já o DI janeiro/2023 marca 9,150%, ante 9,090% no ajuste anterior.

No Brasil, os investidores devem acompanhar o debate no STF sobre execução de pena após condenação em segunda instância. O encontro deve ocorrer após a sessão das turmas do Supremo.

Mais Economia