Bolsas

Câmbio

Moody's eleva perspectiva de ratings de empresas brasileiras

A agência de classificação de risco Moody's elevou nesta terça-feira a perspectiva do rating de várias empresas brasileiras de negativa para estável na esteira da melhora na perspectiva da nota do Brasil na segunda-feira. Ontem, a agência também elevou o rating da Petrobras de 'Ba3' para 'Ba2'.

A decisão sobre o Brasil refletiu o fortalecimento do crédito do país que compensa parcialmente as fracas métricas fiscais comparadas com seus pares de rating.

Com isso, a Moody's melhorou a perspectiva das notas de crédito das seguintes companhias: Cosan, Cyrela Brasil Realty, Fibria, Fleury, Localiza, Raizen Combustíveis e Raizen Energia, Suzano Papel e Celulose, Telefônica Brasil, Utrapar e Votorantim."A elevação das perspectivas dessas empresas reflete o fato de que seus créditos não podem ser totalmente dissociados da qualidade de crédito do governo brasileiro", afirmou a agência.

A agência manteve o rating da Ambev em 'Baa3', com perspectiva estável, afirmando que a companhia possui uma dependência limitada do sistema bancário local para financiamento, uma relevante quantidade de ativos e geração de caixa fora do Brasil.A nota da Vale também foi mantida, em 'Ba1' , com perspectiva estável.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos