ipca
0,48 Set.2018
selic
6,5 19.Set.2018
Topo

Diretor de tecnologia da Saraiva pede demissão

12/04/2018 10h52

O diretor de tecnologia da informação da Saraiva Livreiros Editores, Luís Cláudio Correa Villani, pediu demissão no dia 10 de abril, conforme comunicado divulgado pela companhia nesta quinta-feira. O executivotrabalhou na varejista por mais de três anos, com atuação na reestruturação. A empresa não informou o nome do substituto.

Em 14 de março deste ano, o diretor financeiro, Marcus dos Santos Mingoni, também pediu seu desligamento após 26 anos. Ele foi substituido por Alan Infante.

Remuneração

A Saraiva informou também que vai propor em assembleia geral, do dia 26 de abril, o montante anual da remuneração dos membros do conselho e da diretoria-executiva em 2018 no valor de até R$ 2 milhões, incluídos benefícios e encargos.A maior parte, R$ 1,45 milhão, será direcionada ao conselho de administração, em que três dos seis membros são da família Saraiva. Em 2017, segundo notas explicativas do balanço, a empresa pagou R$ 2,3 milhões ao colegiado.

A administração ainda propõe que R$ 26,4 mil seja para remuneração fixa anual da diretoria, que receberá menos que o conselho fiscal ? na diretoria, há quatro membros, sendo só um da família, José Saraiva Neto. Em 2017, a diretoria-executiva recebeu bem mais: R$ 4,1 milhões. O conselho fiscal deve receber R$ 576 mil.

Segundo a proposta da administração, divulgada no dia 27 de março, a remuneração do conselho é menor devido à venda dos ativos editoriais. Já os honorários da diretoria-executiva são simbólicos, pois eles recebem pela controlada Saraiva e Siciliano.

Newsletters

Receba dicas para investir e fazer o seu dinheiro render.

Quero receber

Mais Economia