Bolsas

Câmbio

Procuradoria reitera pedido para que STF receba denúncia contra Aécio

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, reiterou o pedido para que o Supremo Tribunal Federal (STF) aceite a denúncia contra o senador Aécio Neves (PSDB-MG) e outras três pessoas. A manifestação foi feita em memorial entregue aos ministros do STF, que decidirão amanhã se Aécio se tornará réu pela primeira vez.

O senador é acusado de corrupção passiva e tentativa de obstrução das investigações da Operação Lava-Jato. A PGR afirma que ele solicitou R$ 2 milhões ao empresário Joesley Batista, oferecendo como contrapartida uma atuação parlamentar em favor do grupo J&F.

A denúncia também inclui a irmã de Aécio, Andréa Neves, um primo do senador, o empresário Frederico Pacheco, e o ex-assessor parlamentar Mendherson Souza Lima.

O relator do caso é o ministro Marco Aurélio Mello.

No memorial, Raquel Dodge destaca a existência de provas no inquérito, como gravação de conversa entre Aécio e Pacheco, em que Aécio confirma o pedido de ajuda financeira e sugere medidas para esconder a transação, além de ação controlada que registrou a entrega de parte do dinheiro ao interlocutor do senador.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos