ipca
0,48 Set.2018
selic
6,5 19.Set.2018
Topo

Dólar encosta em R$ 3,53 com investidor atento à cena externa

02/05/2018 09h45

O dólar encostou no nível de R$ 3,53 logo na abertura da sessão desta quarta-feira, renovado os maiores níveis desde junho de 2016. Na máxima do dia, por ora, a divisa americana tocou R$ 3,5297 (+0,77%), dando sequência à disparada do mês de abril.

Entre as principais moedas globais, o real brasileiro tem o segundo pior desempenho do dia, melhor apenas que a lira turca, que se desvaloriza mais de 1%.

De acordo com profissionais de mercado, é possível que as preocupações políticas e o menor custo de operações de hedge (proteção) - em função da queda do juro doméstico - sigam influenciando esse processo de perdas na moeda nacional.

Hoje, os investidores globais aguardam o fim da reunião do Federal Reserve (Fed, banco central americano) em busca de sinais sobre os próximos passos no aperto monetário nos Estados Unidos, o que já traz um pouco mais de cautela nos negócios. Nesta semana, o mercado também recebe os números do relatório de empregos no país, um dos principais balizadores da política da autoridade monetária americana.

No setor privado dos EUA, conforme divulgado pela empresa ADP, foram criadas 204 mil vagas em abril, acima da expectativa de 190 mil novos postos de trabalho.

Às 9h43, o dólar comercial subia 0,69%, a R$ 3,5267.O contrato futuro para junho, por sua vez, avançava 0,47%, a R$ 3,5340.

O sinal no câmbio também se estende para os juros futuros, que sobem hoje em quase todos os vencimentos.

O DI janeiro/2019 subia a 6,245% (6,225% no ajuste anterior), oDI janeiro/2020 avançava a 7,000% (6,960% no ajuste anterior) e oDI janeiro/2021 tinha alta a 8,010% (7,960% no ajuste anterior). ODI janeiro/2023 apontava 9,220% (9,160% no ajuste anterior) eo DI janeiro/2025 registrava 9,750% (9,690% no ajuste anterior).

Newsletters

Receba dicas para investir e fazer o seu dinheiro render.

Quero receber

Mais Economia