ipca
0,48 Set.2018
selic
6,5 19.Set.2018
Topo

Líder do PT diz que partido vai obstruir votações no Congresso

02/05/2018 13h50

O líder do PT na Câmara, Paulo Pimenta (RS), afirmou nesta quarta-feira (2) que o partido continuará em obstruçãodurante a sessão do Congresso Nacional hoje, como forma de protesto à prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Está prevista a apreciação de um projeto que abre crédito de R$ 1,1 bilhão para pagar garantias ligadas a exportações não honradas por Venezuela e Moçambique.

"Nós estamos em obstrução. Não vamos sair da obstrução, enquanto não tivermos respostas da Justiça ou até que seja publicada a data do julgamento da ação declaratória de constitucionalidade (ADC) [sobre prisão após condenação em segunda instância] pelo Supremo Tribunal Federal [STF]. Não conseguimos respostas elementares e, por isso, não vamos sequer analisar o mérito dessa matéria. Vamos continuar em obstrução", disse Pimenta.

O petista minimizou as declarações dadas pelo ex-ministro Jaques Wagner de que o PT poderia apresentar um nome para compor a chapa de Ciro Gomes, pré-candidato do PDT à presidência da República.

"É legítimo que todos os partidos apresentem nomes. O PT tem uma decisão, que foi reafirmada pelo seu diretório nacional na última reunião. Anteciparemos nossa convenção para 28 de julho e aprovaremos o nome de Lula como nosso candidato. No dia 15 de agosto, vamos inscrevê-lo como candidato. Não há outra estratégia no PT. Jaques Wagner foi generoso em sua manifestação, mas não expressa a posição oficial do nosso partido."

Newsletters

Receba dicas para investir e fazer o seu dinheiro render.

Quero receber

Mais Economia