ipca
0,48 Set.2018
selic
6,5 19.Set.2018
Topo

Fluxo cambial tem melhor abril da série histórica

09/05/2018 13h33

No mês em que o dólar disparou 6%, o fluxo cambial ao Brasil registrou o melhor abril da história, com US$ 14,4 bilhões de ingressos líquidos.

O crescimento de quase 10% na contratação de câmbio para exportação ajudou a compor esse saldo. Mas foi a conta financeira que teve mais peso no superávit do fluxo cambial de abril. É preciso dizer, contudo, que foi a redução de quase 30% nas saídas de recursos das operações financeiras a principal responsável pelo saldo recorde do mês passado.

Analistas ressalvam que é difícil estabelecer correlações entre os números do fluxo cambial contratado e o movimento da taxa de câmbio. E abril foi mais um mês a comprovar esse entendimento.

A conta financeira teve, em abril, sobra de US$ 6,756 bilhões. Já as operações comerciais registraram superávit de US$ 7,638 bilhões. Com isso, o sistema terminou o mês com US$ 14,394 bilhões a mais em seu saldo cambial.

Para qualquer mês, esse é o maior saldo desde julho de 2011 (US$ 15,825 bilhões).

As entradas de recursos continuaram no começo de maio, apesar de em menor ritmo, até pela quantidade ainda reduzida de dias. O superávit até dia 4 é de US$ 283 milhões, sustentado pelas operações comerciais (US$ 923 milhões). Já a conta financeira tem saída líquida de US$ 640 milhões.

Posição dos bancos e recompra de moeda

A robusta entrada de dólares derrubou a posição líquida dos bancos na ponta da venda de dólar à vista. Quanto mais sobra moeda, menos os bancos precisam prover liquidez ao mercado.

Com o saldo de mais de US$ 14 bilhões de abril, a posição vendida dos bancos caiu a US$ 6,337 bilhões, menor patamar desde agosto de 2013, quando era vendida em US$ 4,190 bilhões.

E com a sobra de liquidez, o BC optou por recomprar os dólares vendidos ao mercado em operação casada com recompra. Em abril, US$ 1,5 bilhão voltaram ao BC. E neste mês o BC liquidou a recompra de US$ 2 bilhões.

Com isso, a autoridade monetária zerou sua posição em dólares com compromisso de recompra.

Newsletters

Receba dicas para investir e fazer o seu dinheiro render.

Quero receber

Mais Economia