ipca
0,48 Set.2018
selic
6,5 19.Set.2018
Topo

JadLog lança serviço de entrega rápida para e-commerce

15/05/2018 10h20

A JadLog, empresa de logística e de transporte de cargas expressas fracionadas controlada pela europeia DPDgroup, começa esta semana a operar no Brasil o serviço de entrega rápida para produtos do comércio eletrônico por meio de uma rede de pontos de retirada, o pick-up, que será uma alternativa ao envio para as residências dos compradores.

A empresa trabalha com uma estimativa de crescimento de 40% este ano para a demanda por serviços de entregas rápidas geradas pelo comércio eletrônico, o segmento que mais cresce na companhia. Em 2017, a receita da JadLog cresceu 20%, para R$ 480 milhões.

Para 2018, o plano é ampliar essa taxa de expansão, puxada apelo comércio eletrônico, que deve fechar o ano respondendo por 40% do faturamento total da companhia.

Por meio de acordos operacionais com redes de varejo físico ? farmácias, postos de gasolina, supermercados de bairro ?, a JadLog vai enviar produtos adquiridos pelos consumidores em sites de varejo para esses locais, de onde os clientes farão a retirada. "Nossa meta é ter em todo o Brasil um total de 8 mil pontos pick-up", disse o presidente da JadLog, Bruno Tortorello.

O DPDgroup, parte do francês GeoPost, que fatura GeoPost, opera na Europa um serviço pick-up com 32 mil pontos e realizou 63 milhões de entregas no ano passado.

Segundo o executivo, cerca de 70% dos consumidores passaram a preferir usar o pick-up como forma para receber produtos comprados na internet. "O Brasil tem alguns desafios, mas esperamos uma adesão relevante a esse sistema", disse Tortorello, citando questões como segurança que podem afetar essa operação.

No Brasil, o serviço pick-up da JadLog começa pelos Estados de São Paulo e do Rio de Janeiro. "A cidade de São Paulo já tem 500 pontos capacitados, dos 1,5 mil no Estado. Temos mais 300 pontos no Estado do Rio", disse Tortorello.

A empresa tem uma equipe de 50 profissionais recrutando novos pontos em outras cidades. O comerciante parceiro recebe uma taxa por entrega. "E também ganha tráfego de clientes", disse o presidente da JadLog, que opera no Brasil por meio de uma rede de franquias, com mais de 500 unidades em todas as capitais do país e uma frota de 220 caminhões e carretas e 2.500 utilitários.

Newsletters

Receba dicas para investir e fazer o seu dinheiro render.

Quero receber

Mais Economia