ipca
0,48 Set.2018
selic
6,5 19.Set.2018
Topo

Perdas da Smartfit saltam no primeiro trimestre

16/05/2018 08h46

A rede de academias de ginástica Smartfit registrou prejuízo atribuído aos acionistas controladores de R$ 3,6 milhões no primeiro trimestre de 2018, um aumento de 71,4% ante o mesmo período do ano passado.

De janeiro a março deste ano, a receita líquida subiu 27,1%, para R$ 220,4 milhões.

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização totalizou R$ 57,4 milhões, uma expansão de 12,2% ante os três primeiros meses de 2017. A margem de lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) caiu de 29,5% para 26%.

Apesar da receita maior, o resultado foi impactado pelo aumento de 35,2% do custo caixa dos serviços, que somaram R$ 124 milhões, e pelo aumento das despesas com vendas, gerais e administrativas de 33,1%, para R$ 44,2 milhões. A empresa também destacou alta de 22,6%, para R$ 34,1 milhões, das despesas de depreciação com o crescimento do número de academias em operação.

Em março de 2018, a Smartfit somava dívida líquida de R$ 555,7 milhões, um crescimento de 290% ante o mesmo período do ano passado.

Academias

Durante o primeiro trimestre, a empresa abriu 38 unidades. Em 12 meses, foram criados 129 novos pontos. Atualmente, a Smartfit soma514 unidades.

O total de clientes subiu 38%, para 1,7 milhão, sendo 848 mil pessoas só nas unidades próprias no Brasil. A rede também está presente no México, Chile, República Dominicana, Peru e Colômbia.

Newsletters

Receba dicas para investir e fazer o seu dinheiro render.

Quero receber

Mais Economia