Bolsas

Câmbio

Varejo brasileiro cresce em abril, segundo indicador da Cielo

O varejo brasileiro apresentou alta de 2,1% em abril na comparação com o mesmo período de 2017, descontando a inflação que incide sobre a cesta de setores do varejo ampliado, diz o Índice Cielo do Varejo Ampliado (ICVA) divulgado nesta quarta-feira (16).

Em termos nominais (número que reflete o que o varejista de fato observa na receita das suas vendas), o indicador registrou alta de 3,2% na comparação com o ano anterior.

O resultado do mês foi prejudicado pelo calendário, segundo a Cielo. Em relação ao mesmo período do ano passado, o mês de abril teve um sábado a menos (dia tipicamente mais forte no varejo) e uma segunda-feira a mais. Além disso, enquanto em 2018 as vendas da Páscoa foram concentradas em março, com a comemoração de fato caindo no dia 1º de abril, em 2017 a celebração ocorreu no dia 16 de abril, concentrando a movimentação em torno da data no quarto mês do ano.

Além disso, o 30 de abril de 2018, uma segunda-feira, teve os efeitos da queda do movimento devido à "ponte" do feriado do Dia do Trabalho, em 1º de Maio, o que não ocorreu em 2017, quando o feriado em si caiu numa segunda-feira.

Ajustado aos impactos de calendário, o índice deflacionado apontaria alta de 2,6%, o que representa uma aceleração em relação ao observado no mês de março no mesmo conceito (2,2%). Já pelo ICVA nominal, com os ajustes de calendário, o indicador apresenta alta de 3,8% em comparação com o mesmo período de 2017, tendo uma estabilização em relação a março (3,7%).

O Índice Cielo do Varejo Ampliado (ICVA) acompanha mensalmente a evolução do varejo brasileiro de acordo com a sua receita de vendas, com base em um grupo de mais de 20 setores mapeados pela Cielo, de pequenos lojistas a grandes varejistas, responsáveis por 1,4 milhão de pontos de vendas ativos credenciados, diz a empresa.

O peso de cada setor dentro do resultado geral do indicador é definido pelo seu desempenho no mês. O ICVA foi desenvolvido pela área de Inteligência da Cielo e tem como proposta oferecer mensalmente uma fotografia do comércio varejista do país.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos