PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

IPC-S acelera em Salvador, Brasília, Recife e Rio, aponta FGV

24/05/2018 09h50

A aceleração de 0,09 ponto percentual do Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S), calculado pela Fundação Getulio Vargas, para 0,33% na terceira medição de maio foi puxada por quatro das sete capitais pesquisadas, informou a instituição em relatórionesta quinta-feira.

Em relação à chamada segunda quadrissemana de maio, a inflação acelerou em: Salvador (de 1,05% para 1,44%), Brasília (de 0,22% para 0,26%), Recife (de 0,64% para 0,80%) e Rio de Janeiro (de -0,05% para 0,19%). Na mesma base de comparação, a inflação desacelerou em São Paulo (de 0,14% para 0,09%) e se manteve em Porto Alegre (em 0,22%). Em Belo Horizonte, a deflação se ampliou (de -0,06% para -0,10%).

Nessa apuração ? calculada com base nos preços coletados entre os dias 23 de abril e 22 de maio em comparação aos coletados entre 23de março e 22 de abril ?, cinco das oito classes de despesa componentes do índice apresentaram acréscimo em suas taxas de variação. A maior contribuição partiu do grupo Habitação (de 0,24% para 0,62%). Nessa classe de despesa, cabe mencionar o comportamento do item tarifa de eletricidade residencial, cuja taxa passou de 1,43% para 3,38%.

Também registraram acréscimo em suas taxas de variação os grupos: Transportes (de 0,04% para 0,16%), Vestuário (de -0,04% para 0,07%), Comunicação (de 0,20% para 0,29%) e Educação, Leitura e Recreação (de -0,02% para -0,01%). Nessas classes de despesa, vale destacar o comportamento dos itens: gasolina (de 0,32% para 1,25%), calçados (de -0,55% para -0,22%), pacotes de telefonia fixa e internet (de 0,75% para 1,03%) e teatro (de 0,57% para 1,28%), respectivamente.

Em contrapartida, os grupos Alimentação (0,17% para 0,09%), Saúde e Cuidados Pessoais (0,99% para 0,85%) e Despesas Diversas (0,08% para 0,05%) apresentaram decréscimo em suas taxas de variação. Nessas classes de despesa, as maiores contribuições partiram dos itens: frutas (de -1,40% para -2,84%), medicamentos em geral (de 1,79% para 1,32%) e acesso à internet em loja (de 0,15% para zero), respectivamente.

A próxima apuração do IPC-S, com dados coletados até 31 de maio, será divulgada no dia 4 de junho.