Bolsas

Câmbio

Greve reduziu receita do setor eletroeletrônico em 20% em maio

Os dez dias da greve dos caminhoneiros fez a indústria eletroeletrônica registrar queda de 20% na receita no mês de maio, ou cerca de R$ 2,5 bilhões, segundo a associação das empresas do setor, a Abinee.

De acordo com levantamento feito com os associados, a greve não só afetou a atividade do segmento em maio, como também prejudicará o resultado em junho, uma vez que 54% das empresas ainda não normalizaram a entrega dos seus produtos para os clientes. A pesquisa identificou também que 31% das entrevistadas ainda não retomaram o recebimento de insumos.

Segundo as empresas, a situação levará uma média de 11 dias úteis para retornar à normalidade, a partir do fim da greve.

A Abinee identificou que 95% das empresas associadas sentiram o impacto da greve na atividade produtiva.

A alteração da tabela de preço mínimo de fretes também causa apreensão do setor. Em função disso, a Abinee está estudando medidas judiciais que possam minimizar os efeitos da mudança, que pode agravar ainda mais a atividade produtiva.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos