Bolsas

Câmbio

Expedição de papelão ondulado despenca 19,5% em maio, segundo prévia

As expedições de caixas, acessórios e chapas de papelão ondulado recuaram com força em maio, impactadas pela greve de caminhoneiros no país, segundo dados preliminares da Associação Brasileira do Papelão Ondulado (ABPO).No mês passado, o volume expedido totalizou 237,62 mil toneladas, queda de 19,53% na comparação com maio de 2017 e de 18,17% ante abril.

Com um dia útil a menos que o mesmo mês do ano passado, a expedição por dia útil em maio recuou 16,31% na comparação anual.

Conforme a ABPO, considerando-se o ajuste sazonal, as vendas caíram 17,81% entre abril e maio, para 240,689 mil toneladas. "Com o resultado, a expedição registrou em maio de 2018 o menor valor da série histórica desde junho de 2009", diz a entidade.

A ABPO indica que as expectativas do setor contemplam reversão de parte das perdas de maio nos próximos subsequentes.

"Como exercício, caso adicionada ao resultado a perda estimada pelo setor decorrente da paralisação, de 46.365 toneladas, a expedição cresceria 2,92% em maio de 2018 frente ao mesmo mês do ano anterior; já a expedição por dia útil passaria de queda de 16,31% para alta de 7,04% na mesma base de comparação", diz em nota o superintendente de Estatísticas Públicas do IBRE/FGV, Aloisio Campelo Junior.

No acumulado dos cinco primeiros meses do ano, as expedições ingressaram em terreno negativo, com baixa de 0,21%, a 1,395 milhão de toneladas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos